Este mês rezamos por

"Permaneçam unidos e não se esqueçam que o amor vence tudo" Padre José Kentenich 

 

Seguindo o nosso Fundador e confiando profundamente no que Jesus nos diz: "Se dois de entre vós se unirem, na Terra, para pedir qualquer coisa, hão-de obtê-la de meu Pai que está no Céu. Pois, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, Eu estou no meio deles.» Mt 18, 19-20,

Abrimos esta nova secção para podermos conhecer e partilhar as alegrias, contrariedades, sofrimentos e desafios da Igreja e da nossa comunidade e suas famílias, e assim, na força da Aliança de Amor e da oração, a partir do Santuário e dos Santuários Lar, podermos cultivar os vínculos e sermos mais família, mais comunidade. Como diz o nosso Papa "quando uma família reza unida, o vínculo torna-se mais forte".

Nesse sentido, começamos por apresentar as intenções do Papa, para que a cada dia possamos unir-nos a toda a Igreja.

Partilhamos aqui as intenções da Liga de Famílias de Lisboa.

E, porque somos uma família feita de famílias, deixamos também a possibilidade de cada família fazer a sua partilha e pedir oração, mas também poder saber e rezar as intenções das outras.

Estas últimas estão apenas acessíveis a quem estiver registado. Peça o seu registo ou faça o seu login caso já tenha os dados.

 

  • Intenções do Papa Francisco | Março 2018

    rezamos por Papa.setembro

     Neste mês de março, o Papa Francisco propõe como desafio e oração para a Igreja a urgência do discernimento pessoal e comunitário. De uma forma geral, podemos definir o discernimento como a busca orante da vontade de Deus, neste caso, para a vida cristã e o agir das comunidades. O ponto de partida de qualquer discernimento é uma atitude espiritual de querer, acima de tudo, aquilo que Deus quer, respondendo às circunstâncias e oportunidades do tempo presente. Isto exige abertura e liberdade interior, para não ficar preso ao passado, àquilo que sempre se fez de determinada forma, mas estar em sintonia com o Espírito, olhando o futuro com esperança. 

    Implica olhar os acontecimentos como modos que Deus tem de comunicar algo e escutar, a partir deles, os apelos que são feitos. Avaliar o que se fez, agradecendo o bem conseguido, dar conta do que há a mudar, do que já não resulta ou se cristalizou no tempo. O passo seguinte é partilhar com alguém, ou em grupo, os frutos deste tempo de avaliação, o que mais tocou, aquilo que se moveu no coração de cada um: os sentimentos que surgiram, as inspirações e ideias para o futuro. A pergunta decisiva é: a partir daquilo que observo e sinto, qual será o caminho que Deus me está a propor?
    Cada tempo tem os seus desafios e devemos sentir-nos continuamente chamados a corresponder-lhes com generosidade e criatividade.
    Nesse sentido, é essencial promover na vida cristã e na vida das instituições eclesiais estas oportunidades de oração, conversação espiritual e trabalho em comum, numa verdadeira experiência de abrir a ação da Igreja ao sopro do Espírito.

    Pela evangelização: Formação para o discernimento espiritual
    Para que toda a Igreja reconheça a urgência da formação para o discernimento espiritual, a nível pessoal e comunitário.

    Oração

    Pai de bondade,
    envia sobre cada um de nós
    o teu Espírito Santo, Espírito de inteligência e sabedoria,
    que nos ajuda a olhar o presente com gratidão e o futuro com esperança.
    Ajuda-nos a libertarmo-nos do desânimo e de todo o tipo de resistências,
    abrindo-nos com coragem e criatividade
    ao que a Igreja e o mundo mais precisam.
    Faz crescer em nós o gosto e o desejo do discernimento,
    para que as nossas comunidades possam ser lugares de partilha e diálogo,
    testemunhas da tua caridade e capazes de responder com generosidade
    àquilo que nos pedes em cada momento.

    Pai-Nosso...

    Desafios

    - Procurar, ao longo deste mês, rezar os acontecimentos do presente, a nível pessoal e da própria comunidade, e discernir neles os modos como Deus quer falar: agradecer aquilo que corre bem, que dá frutos... Avaliar aquilo que se sente ser necessário mudar...

    - Pedir a graça da liberdade interior, questionando sem receio alguns tipos de afirmações que podem bloquear um verdadeiro processo de discernimento, tais como: “sempre se fez assim” ou “já não vale a pena”.

    - Organizar, na própria comunidade ou instituição, um momento de oração e partilha sobre o que o discernimento pode trazer de ideias para a ação apostólica no futuro. Que passos concretos podem ser dados e que continuidade se pode dar a estes processos?

  • 1
  • Intenções da Liga de Famílias

    NSraSchoenstatt210

    Neste mês Fevereiro procuremos rezar terço em família por estas intenções:

    • A poucas semanas do início dos Retiros de Quaresma na Liga de Famílias , vimos pedir a vossa Oração pelos nossos Assessores, pela Equipa que os está a preparar (Mafalda e Pedro Miranda, Joana e Gonçalo Pimentel, Ana e João Ferreira Bento, Rosarinho e Tiago Veloso, Té e Pedro Rocha e Melo e Ana e Vasco Freire de Andrade) e por todos o casais que vão participar para que seja um tempo favorável de encontro com Deus.
    • pela saúde de todos os doentes da nossa Família
    • por todo os desempregados, para que não percam as esperança,
    • por todas as familias e suas intenções
    • pela vida que nasce na Liga e por todos os seus projetos apostólicos: EAF, Arco4 e Monitores, Corrente de Santuário Lar, leituras Guiadas, Retiros e equipas, Primeiros Sábados.

     

    Deus Pai todo-poderoso, és o amor e a misericórdia.
    Somente Tu, como Pai omnisciente, compreendes tudo o que se passa em mim.
    Ajuda-me, Pai de bondade, nesta minha grande aflição.
    Atende-me por intermédio do padre José Kentenich.
    Como fiel sacerdote, ele amou tanto a Tua Igreja peregrina e
    procurou conduzir todos os que dele se aproximavam a um amor pessoal a Ti.
    Foi sábio e humilde conselheiro para toos os que dele precisaram.
    Concede-me, Pai eterno, o que o Pe. José Kentencih por mim intercede,
    especialmente a graça (...).
    Em sinal de gratidão, eu Te ofereço o precisoso sangue de Cristo,
    nas intenções da santa Igreja e por todos os que se encontram em grandes aflições.
    Querida Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt,
    intercede ao Pai eterno, que conceda ao Pe, José Kentenich a honra dos altares,
    como recompensa por todo o bem que fez à Igreja,
    para Teu louvor e a glória da Santíssima Trindade. Ámen.
    3 Glória ao Pai...

    Pode seguir aqui o processo de canonização do Padre José Kentenich

  • 1
  • Intenções de Famílias

    Famílias da Liga de Famílias de Lisboa,

    Disponibilzamos este espaço para que cada família possa partilhar com as outras famílias, qualquer acontecimento, projecto, desejo, esperança, preocupação, pedir a sua intenção e dar graças!
    Enfim, este espaço é para que possamos ir sabendo uns dos outros e para assim, em Aliança, nos alegrarmos juntos, sermos solidários uns com os outros!

    Aquilo que partilharem aqui só estará acessível às famílias e pessoas da nossa comunidade e que estejam registados. O mesmo é verdadeiro para que se possa ver as partilhas dos outros.

     

  • 1
Este site utiliza cookies. Continuando a navegar está automaticamente a autorizar os mesmos. Continuar